Spot.us – Uma plataforma de Crowdsourcing Jornalístico

O Spot.us é uma plataforma desenvolvida em código aberto(disponível no Github) fundada por David Conh, jornalista que tem em seu currículo, entre outras coisas o envolvimento como editor no Newassignment.net (junto de Jay Rosen) e na organização do Networked Journalism Summit (junto com Jeff Jarvis). O fundo para o início do projeto veio da Knight Foundation.

Jornalistas freelancer criam pitchs – vídeos onde apresentam suas proposta de reportagem, justificando a sua importância e porque ele, o repórter, é capaz de realizá-la – e recebe contribuições (doações) de indivíduos e de empresas, que podem deduzir o valor doado das suas declarações de imposto de renda. A dedução é simples de ser feita nos EUA, onde próprio Spot.us orienta neste sentido, acerca do funcionamento deste processo em outros países depende da leis dos mesmo e, se for possível, provavelmente vai requerer mais trâmites burocráticos.

O site conta com um serviço de patrocínio um pouco mais flexível do que o convencional. Patrocinadores procuram o Spot.us com uma proposta que necessita público para ser realizada (pesquisas e outras atividades em crowdsourcing) e aplica uma verba (pledge) que será utilizada para financiar reportagens do Spot.us. Os usuários participam da atividade e com isso recebem crédito gratuito (free credits), que podem direcionar para a reportagem que desejarem, além do sistema de doação convencional. Uma vantagem deste sistema de patrocínio é que você não incorre (ao menos não completamente) no problema do patrocínio da cultura apontado por  Benjamin Taubkin, em que a cultura fica refém do capital.

Tenho acompanhado iniciativas de crowdfunding em algumas plataformas diferentes (Kickstarter, Catarse, Pozible e FundaGeek). O indivíduo que pede financiamento é tratado como alguém que que receber uma caridade e para isso tem que “vender a sua ideia” ao público. Na maior parte das iniciativas bem sucedidas o sucesso tem forte relação com as contrapartidas (recompensas oferecidas aos doadores de acordo com o valor que estes doam). No caso do Spot.us isso se repete, começando pelo modelo utilizado para conseguir contribuições é o pitch, que vem do sales pitch, uma forma de convencer alguém a comprar seu produto ou serviço através de uma apresentação. No que um indivíduo, inserido num contexto capitalista e individualista, se sente beneficiado por ver uma reportagem publicada? A sociedade inteira se beneficia disso, na qual este indivíduo está incluído, mas essa consciência não é recorrente e como resultado temos muitos projetos não financiados. É difícil atrair público para estas iniciativas. Não se foge da lógica capitalista convencional, apenas se flexibiliza um pouco a maneira em que ela ocorre.

David Cohn anunciou sua saída do projeto em abril de 2012, aparentemente para se dedicar ao Circa, seu novo projeto do qual detalhes ainda não estão claros, mas nas palavras de David:

“(…)it will start off as a mobile application and the goal is to create a consumer friendly product that keeps people engaged and informed about what’s happening in the world. The problem set is unique and as the details of it shape you’ll see how it fits into the history of my career thinking of journalism as a process, not a product.”

Acabo de enviar um email para os responsáveis do Spot.us pedindo alguns dados estatísticos:

  1. Quantos projetos já foram proposto no Spot.us
  2. Quantos foram bem sucedidos (fundos necessários alcançados)
  3. Qual são os assuntos (topics) que recebem o maior número de doações.
  4. Quais assuntos recebem menos.

Assim que receber este post terá continuidade.

Update

O meu email pedindo as estatísticas está rodando. É legal ver este tipo de transparência.

Your request (#1425) has been updated.

To review the status of the request and add additional comments, follow the link below:
http://support.publicinsightnetwork.org/tickets/1425

You can also add a comment by replying to this email.


Michael Caputo, Oct 08 02:47 pm (CDT):

Hi Linda,

This is a request for statistics and information on Spot.us. I thought I’d send it to you for a first look. If you’d like me to respond let me know. If you want to send along a no comment… I could do that as well.

Mike


Daniel Pires, Sep 25 02:18 pm (CDT):

Hello,

I am a journalism student from Brazil and i’m writing about Spot.us on my
blog <https://openzazu.wordpress.com/>, where i organize my research
material. My current work relates crowdfunding with journalism and i would
like to use some statics from Spot.us, if it is possible.

– How many stories has applied so far?
– How many have been successful funded?
– Which are the topics that are more frequently present in the successful
ones?
– And which are present among the unsuccessful ones?

I would thank you for any data that you could contribute with me and, of
course, i will quote the source the way that you prefer.

Thank you for you attention,
Daniel Pires

Fontes:

COHN, David. David Cohn presents Spot.us. URL: http://fora.tv/2009/09/08/WORK_David_Cohn_Presents_Spot_Us. Acessado em 21/09/2012.

PI, Jeanne. The Untold Sotory Behing Kickstarter Stats [INFOGRAPHIC]. URL: http://www.appsblogger.com/behind-kickstarter-crowdfunding-stats/. Acessado em 21/09/2012.

Anúncios
Com as etiquetas ,

Compartilhe ideias!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: